Logosocioambiental

 

youtubeicontwittericonfaceicon

 

Intervidas fecha parceria com Conselho da Comunidade para levar egressos de volta para casa

O Conselho da Comunidade da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba estabeleceu uma parceria com o programa Intervidas, vinculado à Prefeitura de Curitiba e administrado pelo Instituto Pró-Cidadania, para receber os egressos do sistema penitenciário que estão em situação de rua na capital e providenciar a passagem de ônibus para o retorno ao lugar de origem. O acerto foi oficializado na quarta-feira (8) na sede do Conselho da Comunidade, no Fórum de Execuções Penais.

De quarta-feira (8) a sexta-feira (10), quatro egressos já foram auxiliados. De 9 a 31 de janeiro de 2017, o Conselho ajudou outros 33 egressos do sistema a sair de Curitiba.

O ônibus Intervidas percorre cinco regiões específicas da cidade que concentram número elevado de dependentes químicos, e conta com os serviços de profissionais de assistência social, psicólogos e educadores para aproximar os usuários de ferramentas e serviços públicos. A principal meta do programa é convencer os dependentes a ter acesso a serviços como Centros de Atenção Psicossocial (Caps), unidades de saúde, Centros de Referência da Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e Centros Pop. Neste ano, o programa será vinculado ao departamento de Defesa Social da Prefeitura de Curitiba.

Das 18h às 22h30, de segunda à sexta, o ônibus estaciona nas praças Ouvidor Pardinho, Rui Barbosa, Santos Andrade, General Osório e no Cavalo Babão do Largo da Ordem. As equipes atendem os usuários que procuram os serviços e também fazem buscas ativas por essas regiões.

O Intervidas foca em minimizar os danos causados pelo uso de substâncias químicas e realiza, em média, de 500 a 600 atendimentos por mês. “Nossa abordagem é totalmente diferenciada. Não perguntamos o nome, não estabelecemos qualquer vínculo cadastral no primeiro momento. A ideia é conquistar o usuário aos poucos, com atividades, com conversas, para que ele passe a acessar os programas da cidade para tratamento da sua dependência”, conta Marco Aurélio Gomes, da equipe do programa. “De uns tempos para cá, temos percebido o aumento do número de egressos do sistema penitenciário nas ruas. E muitos deles não são daqui, querem voltar para casa. Com esse diagnóstico, nós procuramos o Conselho da Comunidade”.

O Conselho se comprometeu a receber os egressos e auxiliar na medida do possível: com passagens de ônibus e também encaminhamentos para programas parceiros do órgão. “Nos comprometemos a receber os egressos que vivem nas ruas. Nas visitas às unidades, informamos os detentos para procurar o Conselho da Comunidade assim que cumprirem a pena. Nós trabalhamos efetivamente para o recomeço, ajudando na medida do possível com um curso, ou o direcionamento para um trabalho. Se eles ficarem nas ruas, isolados, tendem a delinquir novamente”, explica Isabel Kugler Mendes, presidente do Conselho.

(Assessoria de Imprensa do Conselho da Comunidade)

Exposição que retrata protagonismo de minorias estreia no Teatro Guaíra

O Teatro Guaíra lançou na última terça-feira (14) a exposição “Incluídos – O Universo Fantástico da Solidariedade” do Instituto Pró-Cidadania. Em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, Teatro Guaíra e Banco do Brasil, a exposição também vai percorrer cidades do Paraná.

Com fotografias de Peter Lorenzo, a mostra empodera as pessoas por meio de um universo fantástico. Os modelos são usuários atendidos em diferentes serviços de assistência social de Curitiba – asilos, casas de acolhimento, projetos sociais e unidades de atendimento à população em situação de rua -, que nas imagens da mostra são reis, mágicos, guerreiros, viajantes, sonhadores e divas.

De acordo com a gerente de Inovação do Pró-Cidadania, Berenice Mendes, também diretora geral da exposição, o objetivo é, a partir da arte, mostrar as possibilidades de recomeço. “Ao todo, 24 pessoas foram personagens do universo fantástico da solidariedade, universo que, para nós, mostra toda a capacidade do ser humano de se reinventar e começar de novo”, explica.

Pré-produção

Desde a sua concepção, o projeto “Incluídos “buscou o fortalecimento e o reconhecimentos dos seus personagens. “Os modelos do projeto são alcoolistas, moradores de rua, desempregados, idosos abandonados, transtornados mentais. São pessoas, não invisíveis. E precisam ser tratados como tal, precisam ser enxergados”, finaliza Berenice.

Já para Peter Lorenzo, fotografar essa ideia foi desafiador. “Em mais de 40 anos de fotografia vivi inúmeras situações. Mas ao fotografar o conceito do ´Universo Fantástico da Solidariedade´ experimentei um sabor distinto. Sabia que encontraria no estúdio um conjunto de vidas amargas e outras protegidas. E, ali, a entrega desinteressada de cada um fez surgir o olhar, o riso, a expressão. Todos brilharam e se viram no resultado apresentado no monitor do computador e, então, sorriram por se perceberem”, explicou.

Para o secretário estadual da Cultura, João Luiz Fiani, a exposição é uma oportunidade de promover a inclusão e a arte. "O Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, acredita na arte como instrumento de inclusão social e cidadania. Contamos com a parceria de instituições, como o Instituto Pró-Cidadania, para desenvolvermos políticas públicas para a formação humana. Desta forma conseguimos produzir ações que valorizem a vida e o bem estar dos paranaenses".

A exposição no Guaíra fica em cartaz até o dia 28 de abril e a entrada é gratuita de segunda a sexta-feira das 13h às 17h.

“Incluídos – O Universo Fantástico da Solidariedade” tem o apoio da Arte Lux Produções, Teatro Guaíra, Locall – Cinema e Televisão, Master Comunicação, Ticollor – Soluções em Imagem e Tamanduá – Iluminação e Som, Espaço Excêntrico Mauro Zanatta e HumanoMundo – Teatro de Sensibilização Social.

O Pró-Cidadania

Atuando há mais de 30 anos na área da assistência social em Curitiba, o Pró-Cidadania – Instituto Socioambiental é uma associação civil sem fins lucrativosque atende entidades sociais por meio de repasses contínuos (itens diversos e alimentos), assessoria e projetos sociais que atendem famílias e pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social. Mais informações www.ipcc.org.br.

Pró-Cidadania participa de lançamento de Associação de Amigos do Hospital Evangélico

Na manhã desta terça-feira (14), o Hospital Evangélico lançou, no Sesc da Esquina em Curitiba, a Associação Independente e Laica Amigos do Hospital Evangélico. O Instituto Pró-Cidadania é uma das instituições que contribuem com o hospital através de doações de alimentos e também participou do lançamento.


De acordo com os representantes do hospital, a associação nasceu com o objetivo de ser uma aproximação com pessoas, instituições e empresas em busca de arrecadação de fundos e apoios em prol da reestruturação de um dos maiores hospitais filantrópicos do Paraná, o Hospital Evangélico.  


Segundo o vice-presidente da associação, Maurício Ramos, o lançamento aconteceu justamente como uma “conversa entre amigos”, já que a ideia inicial era mostrar a importância do funcionamento do hospital para a sociedade, abrindo espaço para um relato de pessoas que usufruíram dos atendimentos do hospital.


Durante a cerimônia, a associação aproveitou para lançar a primeira campanha da entidade, a “Evangélico Vida Nova”, com foco na captação de recursos para quatro importantes projetos do Hospital Evangélico: a reestruturação do pronto-socorro resolutivo, a UTI neonatal, o ambulatório interdisciplinar e o centro cirúrgico de alta complexidade.


Para a coordenadora de projetos do Pró-Cidadania, Leticia Dziuba, o momento foi de celebração e de apoio. "Como instituição que apoia mais de 600 entidades sociais em Curitiba, o Pró-Cidadania sempre está próximo de quem, assim como nós, procura melhorar a vida dos moradores da cidade. Nosso apoio ao hospital evangélico segue com repasses de alimento e sem dúvida vamos ajudar também na divulgação da campanha que vai trazer melhorias na estrutura e consequentemente no atendimento à população", afirmou. Além disso, a coordenadora também adiantou que a Associação será convidada a participar do projeto Eureka, coordenado pelo Pró-Cidadania, e que capacita entidades sociais do terceiro setor.

AVISO DE PAUTA – Teatro Guaíra recebe exposição sobre empoderamento de público em vulnerabilidade

A exposição “Incluídos – O Universo Fantástico da Solidariedade”, organizada pelo Instituto Pró-Cidadania com a parceria da Secretaria de Estado da Cultura, Teatro Guaíra e Banco do Brasil abre na próxima terça-feira (14) temporada no Teatro Guaíra. O teatro é a primeira parada da exposição que vai percorrer cidades do Paraná. O coquetel de abertura começa às 18 horas.

Com fotografias de Peter Lorenzo, a mostra tem o objetivo de empoderar as pessoas por meio de um universo fantástico. Os modelos são usuários atendidos em diferentes serviços de assistência social de Curitiba – asilos, casas de acolhimento, projetos sociais e unidades de atendimento à população em situação de rua -, que nas imagens da mostra são reis, mágicos, guerreiros, viajantes, sonhadores e divas.

A ideia é provocar a discussão sobre invisibilidade social e aumentar o protagonismo de um público que muitas vezes é negligenciado. A exposição segue em cartaz até o dia 28 de abril e é gratuita.

Na ocasião o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani; e a presidente do Instituto Pró-Cidadania, Laura Dalcanale; estarão presentes.

“Incluídos – O Universo Fantástico da Solidariedade” tem o apoio da Arte Lux Produções, Teatro Guaíra, Locall – Cinema e Televisão, Master Comunicação, Ticollor – Soluções em Imagem e Tamanduá – Iluminação e Som, Espaço Excêntrico Mauro Zanatta e HumanoMundo – Teatro de Sensibilização Social.

Informações para a imprensa pelo telefone 41 3040 1530.

Serviço: Exposição Incluídos no Teatro Guaíra

Data: 14/02 (abertura), às 18h. Demais dias: segunda à sexta, das 13h às 17h.
Local: Teatro Guaíra
Endereço: Rua XV de Novembro, 971 – Centro

UK betting sites, view full information Best UK betting sites bookamkers